2.04.2008

DIABETES - Neuropatia diabética-

Causas da neuropatia diabética

por Timothy Gower - traduzido por HowStuffWorks Brasil

A neuropatia diabética é uma doença que pode gerar uma longa lista de problemas de saúde. Por isso, é importante que os cientistas estudem inúmeras teorias sobre como a diabetes afeta o sistema nervoso. Na realidade, a maioria dos especialistas concorda que a neuropatia diabética é provavelmente o resultado de diversas mudanças biológicas que ocorrem simultaneamente.
Assim, não há dúvidas de que níveis elevados de glicose são ruins para os nervos. Diferentemente dos músculos, órgãos e tecidos gordurosos, os nervos não precisam de insulina para absorver a glicose. Então, se a taxa de açúcar do sangue subir, os nervos ficam saturados de tanto doce. As enzimas processam o açúcar excedente, convertendo-o em sorbitol e frutose, levando a níveis reduzidos de outras substâncias importantes.

Com o desgaste da bainha de mielina e a lesão da estrutura do nervo, os sinais transmitidos pelos axônios podem se tornar confusos. Alguns sinais vão demorar, como se de repente o seu cérebro passasse de acesso à Internet por banda larga para acesso discado. Outros sinais nervosos podem ser bloqueados completamente.
Existem outros fatores que contribuem para a neuropatia diabética:

· artérias obstruídas - os nervos precisam de sangue rico em oxigênio para sobreviver, e a diabetes aumenta o risco de arteriosclerose, ou de estreitamento dos vasos sangüíneos;
· glicosilação de substâncias - os produtos finais da glicosilação avançada, ou seja, produtos formados quando a glicose presente em alta concentração no sangue do diabético se combina a outras substâncias do corpo, são comportos que podem lesar os axônios e favorecer a criação de radicais livres, moléculas que prejudicam as células saudáveis;
· baixos níveis de fator de crescimento do nervo e de insulina - o fator de crescimento do nervo (NGF) é necessário para se ter nervos saudáveis; os animais com níveis muito baixos de NGF tendem a ter uma neuropatia diabética grave. A insulina, hormônio vital, deficiente em pessoas com diabetes do tipo 1, é importante também para o desenvolvimento de nervos saudáveis;
· inflamação - de acordo com uma teoria, a neuropatia diabética pode ocorrer porque o sistema imunológico do corpo inicia um ataque aos nervos do nosso próprio corpo.

A neuropatia diabética pode causar sintomas e problemas funcionais em qualquer parte do corpo. Em geral, os primeiros sinais apenas incomodam um pouco. As primeiras características que os médicos procuram para diagnosticar a neuropatia diabética são formigamento ou dormência nos pés, pernas, braços ou mãos.

Conforme o dano ao nervo vai se agravando, a neuropatia pode prejudicar a comunicação entre o cérebro e os músculos e órgãos, causando dores que enfraquecem o corpo, o que no final pode levar à perda da sensibilidade naquela região. A neuropatia não causa apenas novos problemas de saúde, ela também agrava as complicações já existentes e pode até interferir na vida sexual.

Fonte: http://saude.hsw.uol.com.br/neuropatia-causas-diabetes.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário