4.05.2009

Identificando traços genéticos

Expressão de um alelo autossômico recessivo:

- Os homens e as mulheres são igualmente afetados (por isso o gene é autossômico, ou seja, não é ligado aos cromossomos sexuais);
- A anomalia não aparece em todas as gerações;
- O fato de progenitores fenotipicamente normais poderem originar descendentes afetados indica que o gene da anomalia é autossômico recessivo.

Ex: albinismo, olhos claros, lobo da orelha aderente, etc.

Expressão de um alelo autossômico dominante:
- Os homens e as mulheres são igualmente afetados;
- A anomalia tende a manifestar-se em todas as gerações;
- Não ocorrem descendentes com a anomalia quando ambos os progenitores são normais;
- Quando um indivíduo manifesta a anomalia, pelo menos um dos progenitores também a possui.
- Quando um dos indivíduos do casal tem a anomalia, aproximadamente metade da sua descendência pode ser afetada.
- O fato de progenitores fenotipicamente com a anomalia poderem originar descendentes normais indica que o gene da anomalia é autossômico dominante.

Ex: polidactilia, cor escura do cabelo, sardas, covinhas no rosto, lobo da orelha solto, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário