11.10.2009

O Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia de 2009


O prêmio Nobel de Medicina ou Fisiologia de 2009 foi conferido a três cientistas norte-americanos - Elizabeth Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak - por seus trabalhos com cromossomos. Cromossomos são filamentos formados por uma grande molécula linear de DNA ligada a proteínas. As extremidades desses filamentos são chamadas telômeros (região em amarelo na figura acima) e estão ligadas ao envelhecimento celular. Isso acontece porque as extremidades dos cromossomos encurtam na medida em que ocorre o envelhecimento. Entretanto, o envelhecimento é retardado pela ação de uma enzima, a telomerase, que permite a reposição de partes perdidas dos cromossomos.

A contribuição de Elizabeth H. Blackburn foi a descoberta da telomerase. Tal descoberta permitiu a aquisição de novos conhecimentos sobre o comportamento dos cromossomos e de algumas doenças, entre elas o câncer. Sem a telomerase as pontas dos cromossomos se encurtam a cada vez que a célula se divide, danificando-os.

Carol W. Greider investigou a presença de telômeros nas extremidades dos cromossomos de um organismo unicelular. Em seus trabalhos Greider constatou o papel protetor dos telômeros contra danos aos cromossomos.

Jack W. Szostak foi premiado por suas contribuições ao campo da Genética. Segundo afirmou suas intenções eram entender os mecanismos muito básicos da replicação do DNA, sobre como os cromossomos permanecem intactos.

Nos organismos verifica-se que as gerações de células possuem telômeros cada vez mais curtos, excetuando-se alguns tipos celulares que se mantêm jovens. Se a uma célula normal fosse induzida a produzir telomerase ela se manteria sempre jovem. Por essa razão, a telomerase é conhecida como a enzima da imortalidade celular.

Atualmente sabe-se que a maioria dos tumores cancerosos é formada por células que possuem telomerase, provenientes de células que não os possuíam. Por essa razão, a indústria farmacêutica pesquisa substâncias capazes de inibir a telomerase. Esses inibidores seriam muito úteis no tratamento de tumores.

http://entranaciencia.blogspot.com/2009/10/nobel-para-telomerase-enzima-da.html

Um comentário:

  1. Parabéns a eles.
    Pelo menos o Nobel ficou com uma Carol, hehe.

    ResponderExcluir